Business Meeting

PROTEÇÃO PATRIMONIAL

Contando com profissionais com mais de trinta anos de atuação na área de constituição, adequação e aprimoramento de holdings patrimoniais, buscamos oferecer para o cliente o que há de mais moderno e atual na estruturação do seu planejamento patrimonial.

Criando um conceito único, através de uma consultoria exclusiva e dedicada ao cliente, identificamos as melhores ferramentas oferecidas, internacionalmente, para compor, na medida justa, a necessidade de seu patrimônio e de sua família.

 

Por que constituir, adequar ou aprimorar sua holding patrimonial?

 

Através dela oferecemos estratégias reais e eficazes para:

 

- Proteção do Patrimônio Familiar

 

Cada vez mais o conceito de riqueza patrimonial sustenta as teses tributárias governamentais como principal alvo para criação do tributo ou aumento das alíquotas nos países em que já se pratica a cobrança do imposto sobre fortunas.

Países como a Argentina, por exemplo, tributam, anualmente, a alíquota de 2% (dois por cento) sobre o montante dos bens e direitos que o contribuinte tem declarado.

Por outro lado, quando esses mesmos bens, deixam de pertencer a pessoa física e são integralizados para a formação do capital social de uma empresa, esse patrimônio deixa de ser fortuna pessoal e passa a ser meio de produção de um negócio imobiliário.

No mesmo sentido caminham todas as demais regras tributárias, notadamente as incidentes sobre a renda e, assim, passam a contar com alíquotas e regimes de apuração bem mais favoráveis.

 

- Planejamento Sucessório 

Ainda dentro do escopo de proteger o patrimônio, nada mais importante do que proteger o patrimônio familiar da própria família. 

 

Inúmeros são os casos de depauperação da herança familiar por conta de problemas entre os herdeiros e dos processos destinados ao pagamento dos mesmos (inventários e partilhas).

Além dos elevadíssimos custos que envolvem esses procedimentos, na maioria dos casos não suportado pelos herdeiros, pode ocorrer também uma disputa entre os mesmos, pondo, derradeiramente, o processo sucessório em colapso geral.

Mas quando os bens estão conferidos a empresa, não existem bem imóveis a serem inventariados, já que todos eles pertencem à pessoa jurídica.

Busca-se desde logo, da constituição da holding, introduzir um novo conceito aos descendentes: que eles deixaram de ser herdeiros e passam a ser sucessores.

 

- Governança Coorporativa 

Nesse sentido, elaboramos o planejamento de governança coorporativa para implementar esse nosso conceito de formação dos sucessores em gestores, administradores ou apenas sócios. 

Mitigando os conflitos internos familiares e, sobretudo, os causados ou potencialmente previsíveis a serem criados por agregados ou estranhos ao parentesco original.

Formando sucessores, eles estarão aptos a continuar gerando riqueza e a viverem do fruto dela, ao invés da dilapidação precipitada ou sumaria dos bens quando os mesmos são simplesmente herdados.

 

- Estruturação Tributária Internacional

Com uma equipe multidisciplinar, analisamos todos os aspectos tributários para que seja obtida a justa adequação dos enquadramentos fiscais e tributários, as alíquotas e prazos, evitando que se tenham pagamentos indevidos ou que se deixe de pagar o que é devido.